Notícias

Atrasos reiterados no pagamento de salário gera dano moral

21/06/2016 Direito do Trabalho

Juiz da 1ª Vara do Trabalho de Canoas condenou a Ulbra a indenizar empregado por danos morais, tendo em vista o sistemático atraso no pagamento de salários.

Conforme o Magistrado, o pagamento de salário é a principal obrigação do empregador diante do empregado que lhe presta trabalho em troca da respectiva remuneração, a qual garantirá a sua subsistência.

No caso, é presumível que a irregularidade no pagamento por parte do empregador prejudicou a subsistência do empregado que contava com os salários para suprir suas necessidades mais elementares.

Processo nª 0020157-83-2013-5-04-0201. Da decisão cabe recurso.

Fonte: MCK Advogados

Voltar para notícias