Notícias

Empresa de vidros condenada a indenizar empregado por danos materiais e morais por queda sofrida durante a realização de suas atividades laborativas, além do desenvolvimento de doenças ocupacionais

05/09/2016 Direito do Trabalho

A empresa ré não atendeu seu dever legal de zelar pela integridade física de seu empregado, que negligenciou à sua queda de uma altura de aproximadamente 2 metro, durante a colocação de um vidro.

Após a realização de perícia ortopédica, o médico atestou o trauma sofrido na lombar, bem como o desgaste diário que as atividades de carregamento de peso causaram ao empregado.

Como se não bastasse, o ambiente de trabalho possuía ruído ocupacional que causou ao empregado redução bilateral da audição. Por tais motivos, a empresa foi condenada a pagar R$ 20 mil por danos morais e R$ 30 mil por danos materiais.

Processo nº: 0020644-47.2014.5.04.0030. Da decisão, cabe recurso.

Fonte: MCK Advogados

Voltar para notícias