Notícias

Funcionário da Credicard/Citibank/Itaú tem dispensa discriminatória reconhecida pela Justiça do Trabalho

01/08/2016 Direito do Trabalho

Como tantos outros colegas, o trabalhador foi demitido unicamente por ser considerado velho para os padrões do Banco Itaú, que adquiriu a Credicard Promotora junto ao Citibank.

Ficou comprovada a existência de uma lista de dispensas de trabalhadores em função da idade.

O reclamante, que laborava há 13 anos para as reclamadas, tendo se destacado ao longo de sua carreira, estava com 59 anos na data do seu desligamento.

Como consequência da despedida discriminatória, as empresas foram condenadas ao pagamento de indenização por danos morais e do pagamento dos salários e demais vantagens em dobro, desde a data da dispensa até a publicação da sentença.

A decisão foi proferida no processo de nº 0020456-32.2015.5.04.0026. Da mesma cabe recurso.

Fonte: MCK Advogados

Voltar para notícias