Notícias

Hospital da PUC condenado a pagar adicional de insalubridade em grau máximo para enfermeira

20/07/2016 Direito do Trabalho

A reclamante atendia pacientes portadores de doenças infectocontagiosas. Ademais, os leitos de isolamento eram separados apenas por cortinas, dentro da sala de recuperação, onde a reclamante trabalhava, o que afasta a tese do Hospital de que o contato era eventual, na medida em que é cediço que os profissionais da saúde dentro de um setor da sala de recuperação mantêm contato permanente com os pacientes lá baixados.

Processo nº: 0021790-53-2014-5-04-0021. Da decisão, cabe recurso.

Fonte: MCK Advogados

Voltar para notícias