Notícias

Itaú condenado a pagar periculosidade a gerente que trabalhava no Centro Empresarial Água Branca

19/07/2017 Direito do Trabalho

O funcionário trabalhava no Centro Empresarial Água Branca, no período em que esteve vinculado ao grupo Citibank, antes de ter seu contrato de trabalho transferido para o Banco Itaú.

No local, segundo apurou o perito nomeado pelo juiz da 82ª Vara do Trabalho de São Paulo, existem vários tanques de inflamáveis que expõem todos os trabalhadores do prédio a risco de incêndio e explosão.

Assim, o banco foi condenado a pagar ao trabalhador o adicional de periculosidade, no percentual correspondente a 30% do seu salário, mais reflexos em férias com 1/3, 13º salário e no FGTS.

Sentença proferida na ação 1000066-07.2015.5.02.0082. Da mesma, cabe recurso.

Fonte TRT da 2ªRegião

Voltar para notícias