Notícias

Justiça manda Citibank reintegrar empregado demitido por possuir ação trabalhista

27/03/2018 Direito do Trabalho

O trabalhador ingressou com reclamatória trabalhista contra o Citibank durante seu contrato de trabalho. Duas semanas após ficar ciente da referida ação, o banco demitiu o funcionário, desconsiderando as excelentes avaliações que o mesmo possuía, bem como os mais de 10 anos de trabalho em prol da ré.

O reclamante então ingressou com nova demanda trabalhista, pleiteando sua reintegração por ter sido desligado de forma discriminatória pelo Banco.

Ao analisar a prova dos autos, o Juízo da 77ª Vara do Trabalho de São Paulo entendeu que existiu reprovável conduta pela reclamada de punir empregados que demandam judicialmente.

Assim, a sentença confirmou o critério discriminatório do afastamento do autor e determinou a pronta reintegração do mesmo ao quadro de funcionários do Citibank, com o consequente pagamento de todos os salários e demais benefícios devidos desde o desligamento até o seu efetivo retorno ao trabalho no Banco.

Além disso, demonstrada a evidente discriminação ocorrida, determinou o pagamento de R$ 200.000,00 a título de danos morais sofridos pelo mesmo.

O processo está passível de recurso.

Voltar para notícias