Notícias

Stemac é condenada a pagar R$ 8 mil de dano moral a funcionário

27/10/2016 Direito do Trabalho

A empresa, através de correspondência eletrônica que circulou entre os demais funcionários , após uma ocorrência de furto, menciona que: "havia colaboradores que ficaram após o horário e que estavam sob suspeita", entre eles o autor.

Essa acusação gera dano ao patrimônio moral do trabalhador, por excesso da chefia no trato, pois poderiam ter apurado quem eram os trabalhadores do setor, sem presumir e expor suspeitas, sendo identificável a agressão a valores subjetivos do empregado.

Processo nº: 0021094-65-2015-5-04-0026. Da decisão, cabe recurso.

Fonte: MCK Advogados

Voltar para notícias